Sexta-feira, 2 de Maio de 2008
Alma perdida
Toda esta noite o rouxinol chorou,
Gemeu, rezou, gritou perdidamente!
Alma de rouxinol, alma de gente
Tu és, talvez, alguém que se finou!
 
Tu és, talvez um sonho que passou,
Que fundiu a dor, suavemente…
Talvez sejas a alma, a alma doente
Dalguém que quis amar e nunca amou.
 
Todas a noite choras-te.. e eu chorei
Talvez porque, ao ouvi-te, adivinhei
Que ninguém é mais triste do que nós!
 
Contaste tanta coisa à noite calma,
Que eu pensei que tu era a minh`alma
Que choraste perdida era a tua voz! ...
                                      
                                         Florbela Espanca

tags:

publicado por Andreia às 10:37
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim
.Visitas: 28/02/2008
.Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. O valor...

. Protestação

. Voltei...

. Músicas

. Felicidade...

. Flor...

. Música para sonhar

. Mar...

. A mon...

. Eu

.arquivos

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.links
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds